2016 ~ .:: www.edsoncharles.com.br ::.

Radio Estúdio Brasília

Confira as melhores músicas da capital!

Belezas da Capital

Veja as fotos dos pontos mais bonitos de Brasília

Poesias

Confira as poesias!

sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Será que dá certo?



Já pensou em juntar um dinheiro com os amigos para tentar amenizar algum problema? Eu criei um perfil na internet com esse objetivo. Será que dá certo?

domingo, 13 de novembro de 2016

Ouça Sua Musica Preferida?



A Internet tem uma variedade de Web Radios e sites para baixar musicas na internet, um exemplo é a Rádio Estúdio, que atualiza sua playlist toda semana e fica atualizada com o sucesso dos artistas e seus lançamentos, não esquecendo também daquelas que marcaram seus melhores momentos, e o melhor, a Rádio Estúdio também pode ser ouvida pelo celular. Acesse www.radioestudio.com.br   

sexta-feira, 11 de novembro de 2016

Brasília, Cidade Linda #brasilianaoesoconcreto

Tenho saído muito por Brasília, cidade onde nasci para tentar registrar imagens de uma forma diferente. Muitos colegas tem perguntado que máquina fotográfica tenho utilizado e a resposta surpreende a todos: Estou usando meu olhar aguçado e o meu Iphone 6. Se você não é de Brasília, ou não conhece a cidade, saiba que #brasilianaoesoconcreto 


Mastro da Bandeira Nacional


Congresso Nacional Entre as Palmeiras


 Praça dos Três Poderes


 O Pombal e o Superior Tribunal de Justiça


 Templo da Boa Vontade


quinta-feira, 10 de novembro de 2016

A ciência comprova: Freddie Mercury é o melhor vocalista de todos os tempos

Através de estudos realizados pela Logopedics Foniatria Vocology, cientistas internacionais chegaram a conclusão de que Freddie Mercury foi o melhor vocalista da história.
Para realizar estes estudos, os cientistas convocaram o treinador vocal Daniel Zangger-Borch, conhecido mundialmente por conseguir emular a voz de Freddie Mercury com precisão.
Os cientistas gravaram imagens da cordas vocais de Daniel, capturando 4.000 frames por segundo, e descobriram que as cordas vocais de Freddie Mercury se moviam muito mais rápido do que a de outras pessoas.
Um vibrato convencional costuma oscilar entre 5,4 Hz e 6,9Hz, enquanto Mercury alcançava a incrível média de 7,04 Hz.
O tenor Luciano Pavarotti também fora analisado, e nem ele alcançou as médias científicas vocais de Freddie Mercury, segundo a pesquisa.

domingo, 6 de novembro de 2016

Edson Charles De Volta as Ondas da FM (frequência modulada.)


Para quem entra no rádio não consegue sair. Dizem os grandes comunicadores, que rádio é como uma cachaça, é um vício gostoso que agrada quem trabalha e quem ouve e ainda ajuda o artista a divulgar a sua arte.
Há anos eu saí das ondas do Rádio para trabalhar com produção de áudio, consultoria para Rádios Comunitárias e Emissoras de Rádio Web. Alguns podem até me criticar, mas eu estou voltando para as Ondas do FM e, em Rádio Comunitária, algo que acreditei por mais de dez anos que a Comunidade precisa de um espaço para sua voz e seus anseios. Eu estou procurando no Rádio aqueles que um dia ajudei e fui ajudado e voltarei ao Rádio com a mesma proposta de sempre: a Divulgação da Cultura Musical Local para a sua localidade, para o Brasil e o Mundo, a divulgação do debate aberto e a busca de soluções para problemas que as pessoas sabem, mas quem tem poder não tem interesse algum em arrumar.
Eu não abandonarei a Rádio Estudio, como não abandonei desde que o estúdio entrou em reformas e fez com que a programação ficasse em playlist. Quem sabe a minha parceria com a volta para o FM não agregue mais valores e o resgate nostálgico daqueles amantes da boa música.

Na minha próxima publicação divulgarei o nome da Rádio, os horários e como será o programa.

quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Cobranças Insistentes a Inadimplentes é Crime, Você Sabia?

____________________________________
Mesmo em casos de inadimplência, empresas não podem ser invasivas e se a situação provocar constrangimento, o consumidor pode ser indenizado.
_________________________________

Muitas pessoas já passaram pela situação de receber insistentemente ligações de cobrança. A prática é mais comum do que se imagina e a verdade é que ninguém gosta de atender diariamente às chamadas em horários inoportunos, muitas vezes aos domingos ou até mesmo no seu trabalho. 

A questão é que você, enquanto consumidor, não é obrigado a suportar este incômodo. Se as contas já foram quitadas, basta informar que já efetuou o pagamento. Caso contrário, mesmo se estiver inadimplente, a empresa não pode insistir na cobrança de modo que leve ao constrangimento. Se a situação causar vexame, você pode requerer uma indenização.

Cobrança indevida e nome negativado

Há também casos de cobranças indevidas, que ocorrem mesmo quando não há pendência ou atraso. Nesta situação, se o nome for negativado decorrente de conta paga, há, em tese, direito à indenização. É possível, ainda, receber o valor em dobro, caso tenha feito o do valor indevido. 

CDC protege contra constrangimento

O CDC, no artigo 42, garante ao consumidor o direito de não ser exposto ao ridículo, nem submetido a qualquer tipo de constrangimento ou ameaça: “Ninguém, nem mesmo o Estado, pode constranger seus devedores. Quem for constrangido tem direito a indenização”.

Além disso, o artigo 71 do mesmo Código considera infração penal quando as empresas utilizam, nas cobranças de dívidas, de ameaça, coação, constrangimento físico ou moral, afirmações falsas incorretas ou enganosas ou de qualquer outro procedimento que exponha o consumidor, injustificadamente, ao ridículo ou interfira no seu trabalho, descanso ou lazer. Sendo a pena a detenção de três meses a um ano e multa.

O que fazer nestes casos?

Caso seja vítima de cobranças vexatórias, entre em contato com a empresa, guardando o número de protocolo ou e-mail enviado e tudo que puder comprovar o fato. Após isso procure um advogado ou a defensoria pública de sua localidade.


sábado, 29 de outubro de 2016

Qual será o Rumo da Nossa Cultura para quem esqueceu o Rádio?

A Internet é boa para a cultura, mas tá afastando o ouvinte das FMs


Não é por estar chegando aos 50 anos, mas eu tenho dado a preferencia por estar em casa acompanhando a cultura e a diversidade musical de nosso país pela internet e até pelo Multishow.
Apesar da internet ter mudado esse cenário, podemos dizer que o Rádio tem perdido sim seu espaço diante do bombardeio de propagandas o que tem afastado o público jovem que prefere baixar musicas na internet ou converter clipes em áudio do que ir para o FM ou ligar pedindo musicas, pois a maioria sabe que o Rádio para se sustentar vende seu horário ao locutor ou ao pequeno artista que quer ver sua musica tocando.
Hoje é muito fácil ver o artista gravando seus EPs e distribuindo na internet do que levando ao FM, pois até os programadores das Emissoras usam o parâmetro internet para montarem suas playlists.
O Profissional do Rádio, o Locutor, mal dá uma noticia e se resume a dar apenas a hora certa e pouco interage com o ouvinte, pois tem sido difícil alguém ser fã de um locutor ou de uma rádio no dial.
As Rádios Comunitárias tem ido no mesmo esquema das Rádios Comerciais, e, logo logo as Web Rádios serão pouco ouvidas, pois o Youtube e o Facebook abre ao público a possibilidade de uma transmissão ao vivo.
Veja só que hoje em dia locutores fazem seus lives pelo facebook tentando resgatar ouvintes, mas parece que essa empreitada não tem dado certo, pois mirrados acessos são alcançados, a não ser quando alguma celebridade ou youtuber é levado a ser entrevistado.
Vou continuar por aqui como expectador em casa acompanhando esse progresso ou regresso, até que possa investir melhor em minha web rádio ao ponto de dar a estrutura que um dia dei entre os anos
2009 a 2014, onde a aposta deu certo, mas por enquanto continuo pela Rádio Estúdio com uma programação de musica seleta.

terça-feira, 11 de outubro de 2016

LUPUS - Uma Superação Diária


Para quem ainda não leu o relato, reforço para que leiam o texto do dia 10 de outubro de 2016. O texto é grande, mas só de ler e compreender já nos ajuda bastante. Eu espero ter a oportunidade, se ela permitir, de fazer um video falando muito mais, e , que tipo de ajuda pretendemos com essas publicações, primeiro de quem sente na pele o que está passando e por fim, de um pai que quer ajudar sua filha.

segunda-feira, 10 de outubro de 2016

UMA SUPERAÇÃO DIÁRIA

UMA SUPERAÇÃO DIÁRIA!


Sei que é um depoimento extenso, mas talvez valha a pena pra mostrar que não devemos desistir mesmo quando tudo diz pra desistirmos.

O dia em que a mulher do Sabin (LABORATÓRIO) me ligou:
Meu nome é Priscila, tenho 23 anos e fui diagnosticada com Lúpus aos 16 em 2009. Queda de cabelo, dores nas articulações, emagrecimento super rápido, diversas infecções e desmaios foram os sintomas que me levaram ao diagnóstico (depois de quase dois anos de procura e tratamentos errados). Logo que descobri, entrei com deflazacort, metotrexate, ácido fólico, vitamina D, cálcio ehidroxicloroquina. Permaneci com esse tratamento até o final de 2010, quando comecei a ter pneumonia. Com isso aumentaram a dose de deflazacort. Em março de 2011, depois de duas pneumonias, uma com derrame pleural, fui internada com um denso derrame pleural. Ocupava quase toda a pleura. Como o tratamento com antibióticos (azitromicina e um outro que não me recordo) não estava dando certo, fui encaminhada para o centro cirúrgico quase sem conseguir respirar, sem conseguir comer e com muita dor até para deitar. Fiz Videopleuroscopia, onde foram tirados cerca de 500 mL de “água”, e fiquei com um dreno que drenou mais uns 200 mL nos dias seguintes. Com quinze dias de internação voltei pra casa e, seguindo as recomendações médicas, tudo voltou ao normal. Desde a descoberta do Lúpus, meus exames de urina acusavam proteína na urina.
Em maio de 2011 mais ou menos resolveram me encaminhar para uma nefrologista. Passei a tratar com ela, pois ela descobriu uma perda de proteína alta. Estava sempre pensando em entrar com Micofenolato de Mofetila, mas como um dos meus sintomas antes de descobrir o lúpus era infecção, ela resolvia ter mais precaução e tratar de outras maneiras mais fracas, porém que costumam dar resultados. Quando foi em dezembro, ela resolveu de vez entrar com o micofenolato e pediu uma biópsia que meu plano de saúde não cobria. Durante a primeira quinzena do mês de janeiro estava tudo bem. Porém, do meio pro final do mês, comecei a sentir que minhas roupas estavam ficando apertadas e ficava muito cansada e com pés inchados. Logo no início de fevereiro, no dia que cheguei de viagem, o inchaço dos pés estava pior. Eu achei que fosse o longo período dentro de ônibus, mas não. Fui parar no pronto-socorro, e internada quase que imediatamente na UTI. Minha creatinina estava altíssima, exames do lúpus descompensados (c3,c4,anti-dna (nessa época era 1/720), VHS e PCR), a função renal totalmente alterada, pressão alta demais para uma garota de 19 anos que nunca tinha tido pressão alta. Foi feito o pedido de biópsia de emergência, e aí o plano autorizou. Com quatro dias na UTI, fui fazer a bendita biópsia. Eu tinha inchado cerca de vinte quilogramas até aí, e os médicos não conseguiam alcançar o rim para fazer a biópsia. Eu sentia toda a dor, mesmo com anestesia. Até que, depois de doze tentativas, resolveram que fariam no dia seguinte com sedação total. Depois de feita a biópsia, eu voltei para a UTI, com indicação expressa de repouso absoluto e sedada. No período noturno, autorizaram uma fisioterapia que me causou uma hemorragia interna. Lá se foi cerca de 70% do meu sangue. Tomei oito bolsas de sangue e ganhei mais 20 dias na UTI. Durante esse período na UTI tomei vários remédios pra dor, pra pressão alta, os de controle do lúpus, e não lembro mais quais. Os cinco dias seguidos da hemorragia, fiquei totalmente amarrada na cama e sendo sedada pra não correr risco de outra hemorragia. Nos dias seguintes pude começar alguns movimentos, e depois de dez dias da hemorragia, tive que reaprender a andar. Permaneci na UTI esperando o resultado da biópsia, pois eu tinha duas opções dependendo do resultado: a) começar umapulsoterapia com altas doses de corticoide (isso poderia ser feito do apartamento) ou b) fazer hemodiálise (isso teria que ser feito da UTI). Com a biópsia veio o resultado de Gloremuronefrite Lúpica classe IV e o alívio de não ser classe V. Tive alta para os apartamentos e comecei a pulsoterapia com metilpredinisolona. Corticoide na veia e mais inchaço. Depois de quase trinta dias de internação, finalmente fui me cuidar em casa. À essa altura eu já usava um milhão de remédios (alguns eu lembro): Atensina, Atenolol, Losartana, Captopril, Micofenolato de mofetila, cálcio, vitamina D, ácido fólico, furosemida, indapamida, metotrexate, hidroxicloroquina e prednisona. A segunda dose de corticoide na veia foi feita numa clínica oncológica. Dessa vez veio mais inchaço e uma crise de hipertensão na noite do último dia de aplicação. Fui para o PS, me aplicaram um medicamento para dor de cabeça, me deram remédio pra abaixar a pressão e me mandaram pra casa. Na noite seguinte, no mesmo horário, acordei com os mesmos sintomas da noite anterior e voltei para o hospital. Tomei NIPRIDE na veia, o mesmo medicamento que tomava quando estava na UTI, e uns remédios para dor e enjoo. Na noite seguinte, tive medo de acordar com dor de novo e aí passei a noite em claro.
Quando foi no final da tarde, do nada a pressão atingiu incríveis 23X18 com batimentos muito altos. Hospital de novo. Por algum motivo o médico do plantão não quis dar logo de vez o nipride e me deu sete comprimidos para pressão, além dos injetáveis pra dor. Resultado disso (ou até mesmo do próprio Lúpus): Edema Cerebral, Vasculite Lúpica cerebral, duas convulsões seguidas e QUIMIOTERAPIA com ciclofosfamida. Fiz mais uma visitinha a UTI, mas foi breve. Fui pra casa com mais algumas medicações além daquelas: Hidantal, amitriptilina e olcaldil. Foi um período sofrido. Considero esse ataque ao cérebro a pior coisa que já me aconteceu, pois eu trago efeitos até hoje. Durante os dois primeiros meses eu não conseguia encostar a cabeça no travesseiro, de tanta dor. Dormia sentada e só com a dose máxima do olcaldil. Eu não tinha controle dos meus membros. Vivia com dor de cabeça, não conseguia ler nem cinco linhas. Ver TV ou usar o PC era ruim demais. Foi horrível. 
Mas esses sintomas passaram. O que eu carrego comigo até hoje é o cansaço rápido do cérebro, a perda da concentração, a boa memória… Depois de seis meses, quatro doses de metilprednisolona, seis de ciclofosfamida e quasecinquenta quilos a mais do que eu tinha, terminei o tratamento com sucesso, e comecei a diminuir as medicações. Boa parte desse período de crises eu precisei de psicólogo e remédio pra dormir. Os exames do lúpus finalmente se estabilizaram e eu entrei em período de remissão. Comecei dieta e academia e perdi boa parte do que consegui com o tratamento. Mas como pra quem tem lúpus nada é sempre flores, em outubro de 2013 tive tromboflebite na perna esquerda. Não precisei de internação, apenas tomei anticoagulante durante seis semanas e continuei por quase um ano tomando AAS. Exames do Lúpus ainda estavam sempre ok. Em 2014, sentia bastante dor na virilha esquerda, mas sempre era diagnosticada com distensão muscular. Depois de perder qua
se quarenta quilos, eu tive que fazer uma cirurgia plástica pra correção dos seios e abdômen, pois com o inchaço rápido, e desinchaço rápido, fiquei com um excesso de pele horroroso, que estava me fazendo mal. A mamoplastia e abdominoplastia foi realizada em junho de 2014. Quando foi no final do ano, em outubro, comecei a ter sinusites seguidas, que viraram infecções piores. De sinusite, passei pra uma celulite (e quinze dias de internação) junto com uma anemia horrorosa e transfusão de sangue, da celulite fui para uma artrite séptica no joelho esquerdo. Tive que fazer uma cirurgia para lavagem da articulação do joelho, e o micofenolato de mofetila foi retirado para evitar mais infecções. Passei natal e ano novo no hospital, mas saí bem, depois de 45 dias de antibiótico. Viajei em janeiro, passei bem o mês de fevereiro, mas nos últimos dias do mês, o inchaço do joelho voltou, e eu precisei voltar ao hospital para fazer outra lavagem do joelho.
Voltei a tomar antibiótico. Sabe aquela dor na virilha? Voltou potente nessa internação, e o médico pediu uma ressonância. Nessa internação descobri a osteonecrose da cabeça do fêmur. Morte do osso. Não conseguia aceitar. Nem sabia que passava sangue no osso! Como ele poderia ter um infarto?
Priscila e sua amiga muleta.
Passei a estudar sobre o problema e ganhei uma companheirinha: A Muleta. Saí do hospital e passei mais seis semanas tomando antibiótico na veia em hospital -dia, e quatro semanas por via oral. E a necrose, como trata? Não trata. Praticamente foi isso que ouvi. Passei a tomar oxycontim, um remédio muito forte, pra que passasse as dores. No inicio passavam. E eu comecei a procurar médicos que me dessem alternativas. Mas todos diziam a mesma coisa: O tratamento é prótese, mas você é muito jovem e tem lúpus, então não é indicado. Fui vetada de qualquer exercício físico, inclusive aquático. Quem tem lúpus tem uma predisposição a ter fadiga crônica, e eu dei todas as chaves para que ela pudesse me pegar. Comecei a tratar com pregabalina, mas não me dei bem com ela, então comecei com gabapentina + oxycontim. É uma dor horrível, uma limitação horrível, e todo mundo acha que você está inventando desculpas pra ter tudo na mão, ou não trabalhar e etc. Em agosto eu enxerguei uma luz no fim do túnel. Encontrei um médico que disse que era possível fazer a cirurgia do meu quadril sem precisar de prótese. Era uma cirurgia de enxerto e descompressão do osso. Voltaria a viver normal! MAS, como no lúpus nada são flores, ele resolveu dar sinalzinho de atividade, depois de três anos, e peguei uma sinusite. Pra quê? Estou de novo numa sequência de infecções (a culpa é toda desse tempo louco de Brasília). Com sinal de atividade e infecção, ninguém opera. O quadril piorou muito, e as dores pioraram ainda mais. A dificuldade de me locomover está pior. Depois de duas sinusites seguidas, no final de outubro comecei a ter muita febre, e descobri, com muita dificuldade, que estava com alguma infecção, mas não descobri o foco (até hoje). Foi-me receitado dois antibióticos de amplo espectro e beleza, eu estava melhorando. Tenho sentido muita dor nas articulações, coisa que não sinto desde a descoberta do lúpus, e desde sábado voltei a ter febre. Passei a segunda feira toda resolvendo coisas de hospital e plano de saúde, e por conta de uma tosse que apareceu há uns dias e tem me incomodado, resolvi ir ao pronto socorro pra descartar qualquer coisa no pulmão e no coração. Os exames ainda acusavam infecção e eu notei uma baixa nas plaquetas, que na verdade, estavam dentro do valor normal, mas durante toda minha vida não tinha abaixado assim (exceto na hemorragia interna). Hoje (terça-feira), fui colher uns exames para levar para o reumatologista na terça que vem. Eis que a noite eu recebo a ligação da mulher do sabin dizendo que minhas plaquetas estão baixas. Pediu para que eu repetisse o exame amanha pela manhã. O Susto bate. A confirmação a atividade do lúpus vai ser por esse exame. A cabeça fragiliza um pouco, mas preciso ser forte, como sempre. Durante todas essas crises, deixei de estudar apenas nas crises que tive em 2012. Manter a cabeça trabalhando é sempre a melhor opção, mesmo que pro corpo não seja, e mesmo que o seu rendimento não seja mais o mesmo. Preciso disso, pra não entrar em depressão. Quem tem lúpus luta com a depressão diariamente. Um dia acorda feliz, outro dia muito triste. O cuidado tem que ser redobrado nesse dia muito triste. Tudo que eu quero fazer é apenas não fazer nada. Mas, um dia após o outro, uma luta após a outra, vou caminhando. E hoje, é um dia que terei de lidar com a apreensão do resultado das minhas plaquetas.
Priscila Brandão Vieira do Norte



quinta-feira, 29 de setembro de 2016

O novo ORKUT se chama HELLO

A famosa rede social orkut encerrou suas atividades pelo GOOGLE a alguns anos e o seu dono o Mr. Orkut criou o aplicativo HELLO. Alguns países já estão usando o HELLO, que como o ORKUT, só entra para a Rede Social se for por convite.
O aplicativo parece um pouco com o INSTAGRAM, porém o mesmo utiliza uma rede de amizades a qual compartilha assuntos em comum com fotos e debates em comum por seus usuários.
Por enquanto a HELLO só pode ser baixado para celulares com ANDROID.
Parece que o HELLO já tem uma boa aceitação fora do Brasil e logo logo será uma boa novidade, mas vai demorar um pouco para ser o novo viral na internet. Para conhecer um pouco mais basta acessar o www.hello.com e para entender o porque do fim do orkut e dessa novidade, o Mr. ORKUT explica tudo no www.orkut.com.

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

QUE PARADA É ESSA?

terça-feira, 16 de agosto de 2016

Coleções das Moedas Comemorativas das Olimpíadas Tem Dobrado Seu Preço de Mercado

O Banco Central lançou, desde 2014, moedas comemorativas dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016.

As moedas de R$ 1 ainda circulam pela rede bancária, porém outra parte, que era vendida em embalagens especiais para coleção, eram produzidas em prata e ouro.
As mais caras são as de 10 reais produzidas em ouro 900/1000 e foi vendida por R$ 1.180,00 em seu lançamento, as de prata eram as de 5 reais e podiam ser comprada por R$ 195,00,
porém as mais populares, de um real, estam em circulação tiveram tiragem de 20 milhões e no seu inicio eram vendidas em kits ou cartelas, ao todo, foram lançadas 36 peças entre ouro, pratra e aço inoxidavel.
Com o fim das Olimpiadas, muita gente que tem a coleção das de aço inoxidavel, está tentando vender essa recordação, pois apesar de um pais em crise, as olimpiadas conseguiram mesmo movimentar essa moeda de paz e esperança.

segunda-feira, 8 de agosto de 2016

Poesia - Ainda Bate

Ainda Bate
Edson Charles

Ainda bate um coração
Uma canção à beira mar
O mar daqui é grande
Tem muita coisa para cantar.
A noite vira a outra
Que vira junto da canção
A vida aqui não passa
Pois sempre há um violão.
E no embalo da canoa
Não tem perigo de afundar
O nosso rio é raso
e a canção sabe nadar.
Ainda bate um coração
Que até o padre quer dançar
Nosso amor também é grande
não tem perigo de sobrar.

Pokémon GO! Qual é o Verdadeiro Objetivo?

Assisti esse vídeo que recebi por links da internet e muita coisa que ouvi no depoimento eu concordei. É uma critica sim e mais que um alerta é a forma de mostrar como alguns aplicativos utilizados atualmente estão manipulando a gente para o consumismo de algo que poderíamos estar usando para o bem da humanidade. Nao sei qual vai ser a repercursão dessa postagem em meu blog, mas se alguém que postar algum comentário em defesa do Pokémon GO, que fale agora, para que a gente possa ver somo te afeta ou como pode ser produtivo para sua vida.  Caso queira ver o vídeo no canal do autor do vídeo, clique no link do youtube e comente também para mostrar sua opinião.

Assisti esse vídeo que recebi por links da internet e muita coisa que ouvi no depoimento eu concordei. É uma critica sim e mais que um alerta é a forma de mostrar como alguns aplicativos utilizados atualmente estão manipulando a gente para o consumismo de algo que poderíamos estar usando para o bem da humanidade. Nao sei qual vai ser a repercursão dessa postagem em meu blog, mas se alguém que postar algum comentário em defesa do Pokémon GO, que fale agora, para que a gente possa ver somo te afeta ou como pode ser produtivo para sua vida.  Caso queira ver o vídeo no canal do autor do vídeo, clique no link do youtube e comente também para mostrar sua opinião.


domingo, 7 de agosto de 2016

TUDO AGORA É PRECONCEITO???


MAIS PRECONCEITOS QUE NINGUÉM COMENTA

1 - com o vesgo ou estrábico;
2 - com quem decidiu colocar percingi;
3 - quem usa tatuagem;
4 - com quem tem sequelas de queimaduras;
5 - com quem não é homossexual;
6 - com quem não toma banho;
7 - com quem não tem oportunidade de ter sua higiene;
8 - com quem é banguela;
9 - com quem solta pum em público sem querer;
10 - com quem não tem carro;
11 - com quem anda de ônibus;
12 - com quem não apara as axilas;
13 - com quem usa chinelos de dedo;
14 - com quem pede solidariedade;
15 - com quem não é religioso;
16 - com quem tem opinião própria;
17 - com quem não tem seguidores na internet;
18 - com quem não tem WhatsApp;
19 - com quem escreveu essa mensagem muito grande;
20 - com quem tem preguiça de ler;
21 - com quem usa óculos;
22 - com quem é bonito como eu...

Editando o Blog

Estou editando meu Blog com novidades e renovando as postagens, onde, além das poesias novas, trago também fotos e materiais importantes.
Assine e se inscreva tanto no site como no canal do Youtube https://www.youtube.com/user/edsoncharles

Série de fotos feitas em Brasília no mês de Julho


Com o objetivo de mostrar Brasília de forma como a vejo, tenho dado umas passeadas pela cidade fotografando e postando no Instagram e Facebook, Estou postando aqui no site para dar uma renovada, Cada uma com sua Identificação.

 Meteoro - Palácio do Itamaratí

 Praça dos Cristais - QG Exercito

 Palácio do Itamaraty - Eixo Monumental

Catedral de Brasília

Ponte JK - Vista pela Ermida Dom Bosco

Concha Acústica - QG Exercito

Congresso Nacional